Publicidade

Aldeia Global

Publicidade

Há 10 anos ouvia meus professores da faculdade utilizando a expressão “aldeia global”. Diziam que os avanços da internet estavam tão grandes que em pouco tempo toda a informação do mundo estaria disponível para quem quisesse acessar, como se o mundo fosse uma pequena aldeia.

Hoje, aqui estou, vivendo em minha aldeia. Com alguns cliques, descubro que um atirador matou nos EUA, que a Coréia do Norte testa foguetes nucleares no oceano, um terremoto destruiu uma cidade… enfim, sei muito. Sei, não só do mundo, mas também dos meus quase mil amigos das redes sociais. Vi que alguns foram para a balada, outros fizeram um churrasco enquanto uns tantos ficaram namorando e tomando vinho. Todos muito felizes, bem resolvidos, sem problemas… Descobri tudo isso em 15 minutos – nem saí da cama ainda.

No decorrer do dia, ainda sou impactado por centenas de propagandas, novidades e tendências. Seja magro, seja produtivo, seja rico. Vista-se assim, dirija esse carro, frequente essa igreja… Dessa forma meus dias vão se repetindo.

Pode parecer que está tudo ruim, mas calma! O mundo não está caótico não!

Ter acesso a tudo que queremos é incrível. Hoje, diferente das gerações passadas, temos a possibilidade de evoluir a passos largos na direção que escolhemos. Todo o conhecimento está acessível. Pensa comigo: se hoje você decidir que quer aprender a desenvolver jogos, amanhã já encontrou cursos online, uma faculdade presencial, um grupo de Facebook e provavelmente algum conhecido que pode dar dicas.

Então, porque é tão difícil escolher e seguir um caminho?
Afirmo, existem possibilidades demais. Ao escolher uma direção, sentimos medo de abrir mão de outra melhor. Então, não abrimos mão de nada. O resultado é uma geração de profissionais “meio bons”. São pessoas que entendem um pouco de muitas coisas, mas não entendem muito de nada. Pessoas com um alto nível de procrastinação, que nunca sentem-se boas o suficiente ou com a coragem necessária para decidir o que querem fazer de suas vidas.

Escolher significa abrir mão. Quando a escolha é trazer algo para a vida, necessariamente abre-se mão de outras coisas. E não existe certo ou errado, nem tão pouco caminho sem volta. A vida é feita de ciclos e recomeços.
Quando você desenvolve a habilidade de parar de olhar para o mundo e consegue olhar para dentro de si, facilmente descobre o que precisa ser deixado de lado.

Fala aí
Outras

Impactado pela história da própria avó, vítima de câncer de mama, e motivado pela vontade de querer resgatar a autoestima de mulheres que sofrem da mesma…

Uma das belezas do nosso Vale são os viadutos, sejam eles os mais conhecidos, como o V13, em Vespasiano Corrêa, ou os que ainda não são…

Quando olhamos para esse piso logo lembramos da casa da vó não é mesmo?! Porque ele é cheio de história, que conheceremos a seguir. Entre a…

Crianças surdas têm as mesmas necessidades do que as ouvintes. E, entre essas necessidades, está a do entretenimento e da representatividade. Uma iniciativa simples busca oferecer…

Dobro + Bravo